domingo, 22 de dezembro de 2013

Jean-Yves Leloup relaciona símbolos arcaicos com várias partes do corpo

Mais eficiente que a memória do computador, seu corpo registra tudo que aconteceu com você desde a infância até agora. O psicólogo e teólogo francês Jean-Yves Leloup relaciona símbolos arcaicos com várias partes do corpo e esclarece as causas físicas, emocionais e espirituais das boas sensações e de algumas doenças.

Uma página em branco. É assim o corpo novinho em folha do recém-nascido. Desde o instante do nascimento e a cada fase da vida, a pele, os músculos, os ossos e os gestos registram dados muito precisos que contam nossa história. “O homem é seu próprio livro de estudo, basta ir virando as páginas para encontrar o autor”, diz Jean-Yves Leloup, teólogo, filósofo e terapeuta francês.
É possível escutar o corpo e conhecer sua linguagem, que muitas vezes se expressa por sensações prazerosas, por bloqueios ou pela dor, que nada mais é do que um grito para pedir atenção. “O corpo não mente. As doenças ou o prazer que animam algumas de suas partes têm significados profundos”, revela Leloup.
Ele nos convida a responder algumas questões sobre pés, tornozelos, ventre, genitais, coração, pulmões e muitas outras partes. Elas podem ser nosso guia em uma viagem de autoconhecimento que toca em aspectos físicos, emocionais e espirituais: “Primeiro, podemos notar qual é nosso ponto fraco, o lugar de nosso corpo em que vêm se alojar, regularmente, a doença e o sofrimento. Há a escuta psicológica pela qual podemos prestar atenção no medo ou na atração que vivemos em relação a algumas partes do corpo. E há ainda a escuta espiritual. O espírito está presente em nosso corpo, e certas doenças e algumas crises são manifestações do espírito, que quer trilhar um caminho, que quer crescer, que quer desenvolver-se em membros que lhe resistem”, diz ele. E continua: “Algumas depressões estão ligadas a fatores emocionais, a um rompimento, uma perda, uma falência. Mas há também depressões iniciáticas, em que a vida nos ensina, por meio de uma queda, um acidente, que devemos mudar nosso modo de viver”.
Descubra a seguir quais são os símbolos associados por Jean-Yves Leloup a cada parte do corpo e responda às questões, que facilitam a reflexão e o reconhecimento do que está impresso em você. Boa viagem!
Pés, as nossas raízes
 “Será que experimentamos prazer em estar sobre a terra? Podemos imaginar o corpo como um árvore. Se a seiva está viva em nós, ela desce às raízes e sobe até os mais altos galhos. É de nosso enraizamento na matéria que depende nossa subida à luz. É da saúde de nossos pés que vem o enraizamento”, explica Leloup.
Ele lembra que em diferentes práticas de ioga há a purificação dos pés, que são mergulhados na água salgada. “Pelos pés podem escorrer nossas fadigas e tensões.”
 “A palavra pé, podos, em grego, relaciona-se à palavra paidos, que quer dizer criança. Cuidar dos pés de alguém é cuidar da criança que o habita. Perguntei a um sábio: ‘O que posso fazer para ajudar alguém?’ Ele respondeu: ‘Lembre-se de que essa pessoa foi uma criança, que ainda é uma criança. E que tem dor nos pés.’”
Preste atenção: verifique se seus pés são seu ponto fraco. Como você se apoia sobre eles? Em seguida, toque-os, sentindo ossos, músculos e partes mais ou menos sensíveis. Quais são suas raízes familiares? Quais as expectativas de seus pais em relação a você? Qual seu sentimento em relação a filhos?
Tornozelos, a possibilidade de ir em frente
Termômetro da rigidez ou da flexibilidade com que levamos a vida, os tornozelos têm relação direta com o momento do nascimento. “Por que esse é também um momento de articulação entre a vida dentro e fora do útero. Alguns de nós conheceram dificuldades e viveram até traumas nesse elo que une a vida fetal com o mundo exterior. O corpo guardou essa memória e a expressa na fragilidade dos tornozelos”, diz o filósofo.
Segundo Leloup, os tornozelos simbolizam também o refinamento da vida, as relações íntimas e a articulação do material com o espiritual. As pessoas em que o tornozelo é o ponto fraco têm dificuldade de avançar nos vários aspectos da vida. Dar um passo a mais é ir além de nossos limites e também saber aceitar o que se é, seja isso agradável ou não. “Essa é a condição para ir mais longe”, finaliza ele.
Preste atenção: você costuma ter dor nos tornozelos? Essa região é rígida ou flexível? Sofreu entorses? Em que momentos de sua vida eles ocorreram? É difícil avançar em direção ao que você quer? Qual é o passo que você precisa dar e o passo ao qual resiste?
Joelhos, o apoio para dar e receber colo
A flexibilidade é uma das qualidades importantes para que os joelhos sejam saudáveis. “Quando eles são rígidos, é provável que surjam problemas na coluna vertebral e nos rins”, lembra Leloup, que nos revela o significado mais profundo dessa parte do corpo. “Em algumas línguas, estranhamente há uma ligação entre a palavra filho e a palavra joelho. Em francês, por exemplo, genou, joelho, tem a mesma raiz da palavra générer, gerar. Em hebraico, joelho é berekh, e também bar e bèn, que significa filho. Assim, ser filho, ser filha é estar no colo, envolvido por esse gesto, que é o elo entre os joelhos e o peito. Temos necessidade de dar e receber essa confirmação afetiva. E manter alguém no colo, sobre os joelhos serve para manter o coração aberto”, finaliza.
Preste atenção: observe como são seus joelhos. Eles são flexíveis, rígidos, doloridos? É bom tocá-los ou não? Quem o pegou no colo quando você era criança? Esse gesto de intimidade é familiar para você? Qual a sensação? E você, para quem dá colo (seja fisicamente, seja como símbolo de acolhimento)?
Genitais, a energia de vida
O teólogo Jean-Yves Leloup fala dos tipos de amor e prazer, dos traumas e das sensações vividos na infância que marcam para sempre nossa sexualidade. Ele ressalta que o encontro de dois corpos pode ser mais que físico. “A representação mais primitiva de Deus foi encontrada na Índia e são o lingan e a ioni, o símbolo fálico masculino e o genital feminino. Assim a representação do sexo foi a primeira feita pelo homem para evocar Deus – porque o sexo é onde se transmite a vida. Dessa maneira, passa a ser o local da aliança, algo de muito sagrado”, considera Jean-Yves Leloup. “Portanto, a sexualidade não é somente libido. Essa libido pode tornar-se paixão, passar através do coração e transformar-se em compaixão. É sempre a mesma energia vital, que muda e se transforma de acordo com o nível de consciência no qual nos encontramos.”
Preste atenção: quais são suas dores ou doenças relacionadas aos órgãos genitais? Você sofre desses males? Qual a sensação diante dos seus genitais (vergonha, repulsa, prazer)? Qual sua postura em relação à sexualidade (à sua própria e ao sexo no contexto cultural)?
Ventre, o centro processador de emoções
Estômago, intestinos, fígado, vesícula biliar, baço, pâncreas, rins são os órgãos vitais abrigados em nosso ventre. Eles são responsáveis pela transformação do alimento em energia, pela absorção de nutrientes e pela eliminação de toxinas.
Emoções como raiva, medo, prazer e alegria acertam em cheio essa região e também precisam ser digeridas. Leloup aponta que “o perdão tem uma virtude curativa porque podemos tomar toda espécie de medicamento, sermos acompanhados psicologicamente, mas há, por vezes, rancores que atulham nosso ventre, nosso estômago, nosso fígado”. Ele destaca que todas as partes do corpo lembram a importância de respeitar o tempo de digestão e assimilação de tudo que nos acontece de ruim e também de bom.
Preste atenção: como é sua digestão? Quando você tem uma forte emoção, sente frio na barriga ou alguma reação na região? Quais foram os fatos difíceis de ser digeridos em sua vida? O que há por perdoar?
Coração e pulmões, o pulso vital
Esses dois órgãos estão intimamente ligados a nossa respiração. “O coração é um dos símbolos do centro vital, ele é o centro da relação. E é importante observar como nossa vida afetiva influencia nossa respiração.  Às vezes, nos sentimos sufocar porque não correspondemos à imagem que os outros têm de nós, e isso também impede que o coração bata tranquilamente. Para alguns, querer ser normal a qualquer preço, querer agir como todo mundo, pode ser fonte de doenças”, assinala o psicólogo Jean-Yves Leloup.
Agir de acordo com suas vontades mais genuínas e aceitar o que se é, mesmo que isso não combine com o grupo, pode ser uma das formas de se libertar e sair do sufoco.
Preste atenção: você já teve períodos prolongados de angústia ou tristeza? O que liberta sua respiração e o que o sufoca? Você se preocupa muito com a imagem que as pessoas têm de você? Já parou para ouvir as batidas de seu coração e o das pessoas a quem você ama? O que deixou seu coração partido? O que o fez bater feliz?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Leite Condensado do BEM !!!


Esta delicia é receita de Valeria Paioli(blog.veganana.com.br)
Simplesmente maravilhosa, reparem na textura, e um leite condensado que pode ser utilizado para varias receitas desde brigadeiros ate recheios de tortas ou para sobremesas!


INGREDIENTES:

- 1 xicara de acucar cristal
- 1/2 xicara de agua fervente
- 3/4 de xicara de farinha de aveia*


PREPARO:

Bata o acucar e a agua fervente no liquidificador por mais ou menos 3 minutos em potencia maxima.
Acrescente entao a aveia e bata por mais uns 2 minutos ainda em potencia maxima ate obter um creme liso e na consistencia do leite condensado tradicional.
O tempo de preparo pode variar de acordo com a potencia do seu liquidificador.
Conserve em vidro fechado na geladeira. Empregue gelado.

Realmente este leite condensado fica uma delicia e e tao rapido e facil de fazer que eu nem acreditei que em poucos minutos e com tao poucos ingredientes eu consegui um pote cheio de leite condensado!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Produtinhos Naturais e Cuidadinhos maravilhosos da pele

 Qualquer um pode fazer escolhas e aproveitar dos benefícios naturais e orgânicos para cuidar da pele e do cabelo, iniciativa feita em casa mesmo. Seguem dicas básicas e poderosas, com os benefícios de cada elemento que pode ajudar a manter a beleza, principalmemnte no verão onde a pele fica mais exposta e agredida pelo calor e poluição ambiental no verão. Esses procedimentos são simples e podem ser feitos por qualquer um, observando os resultados e adaptando a sua real necessidade e sensibilidade. consultar sempre no rótulo na hora de escolher um produto ou quando se deparar com uma nova receitinha caseira.
 Argila branca: “A melhor do mundo é brasileira, e vem da ilha de Marajó. Nesta estação, a pele costuma ficar mais oleosa. A argila branca tem um efeito matificante.” Aplique em máscaras com ela e água mineral pura mesmo, para fazer um rejuvenescimento e equilibrar a oleosidade.
 Óleo de gerânio: “Um up total para a pele brutalmente agredida. Legal aplicar na parte interna da mão e grudá-la inteira no rosto, depois ir soltando primeiro a palma e depois os dedos, tem um efeito de ventosa, principalmente depois de maquiagens que tanto agridem e intoxicam a pele.”
Açaí: “É um ótimo antioxidante para a pele, neutraliza os radicais livres.”
 Extrato de calêndula: “É um apaziguante para a pele, acalma a vermelhidão depois do sol. Legal manter o produto na geladeira, para aplicar geladinho.”
 Óleo de rosas: “Altamente nutritivo para a pele.”
 Óleo de Girassol (prensado a frio, não o culinário!): “Bom para recuperar e dar brilho ao cabelo exposto ao sol, aplicar sòmente nos fios.”
Óleo de  Argan: “Repara o cabelo pós-cloro, extremamente danificado.” Disponível em óleos e máscaras.
Óleo de Côco, palmiste, babaçu e outros "coquinhos": são fontes de vitaminas, nutritivos, dão elasticidade e vitalidade a pele do corpo inteiro e cabelos é refrescante, antimicótico e fungicida, pode ser usado nas cavidades como auxiliar em processos e inflamação e micoses.
Óleo de sangue de Dragão: é uma maravilha curativa! Um óleo resinoso de cor vermelha como o sangue, receita poderosa conhecida e utilizada por indígenas como o melhor cicatrizante e regenerador da pele, deve ser diluído em óleo carreador por ser muito denso. Pode ser ingerido para cuidar da pele interna(mucosas!).

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Os Chakras do Brasil

Os Chakras do Brasil


1. RAIZ: Nordeste, especialmente Salvador. Aqui é onde tudo se inicia. Foi por onde os portugueses entraram para colonizar o Brasil. Energia de construção, força, trabalho físico. Muito ligado ao chakra raiz da Terra (África), pois é a parte do país que tem mais pessoas negras (ascendência africana). Relacionado também à energia sexual: o Carnaval de Salvador atrai milhões de pessoas anualmente para estimular esta energia e temos problemas a serem superados como a prostituição (infantil, inclusive) e o turismo sexual (estrangeiros que vêm para cá com esta intenção).

2. SACRO: Região Norte, especialmente Rio Amazonas. Este chakra é regido pelo elemento água e no Brasil corresponde ao maior rio do mundo, que corre dentro da maior floresta tropical do mundo. É uma área que purifica a energia do país, por meio da Sagrada Natureza da Floresta Amazônica e dos povos indígenas que ali habitam.

3. PLEXO SOLAR: Região Centro-Oeste, especialmente Brasília, Chapada dos Veadeiros e Chapada dos Guimarães. É o VENTRE do Brasil, onde é guardada a energia da Nova Humanidade. Como nos contou Matías, quartzos dali têm sido colocados pelo mundo para espalhar esta nova consciência por um homem que ele conheceu em uma viagem. Região de muito Sol, onde fica a capital do país.

4. CORAÇÃO: Estado do Rio de Janeiro e de Espírito Santo, especialmente a Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro capital. De braços abertos como o Cristo Redentor, esta cidade recebe bem a todos e desperta paixões. O tum tum tum do samba, a emoção e intensidade do povo carioca não deixam dúvidas: é o chakra que expande a energia do Brasil para o mundo e por isso é também a cidade brasileira mais conhecida e popular.

5. GARGANTA: Estado de São Paulo, especialmente São Paulo capital e Santos. Comunicar-se com os outros países é a sua missão. Santos possui o maior porto da América Latina, sendo grande responsável pelas trocas comerciais de importação e exportação de produtos. São Paulo é uma megalópole vibrante e multicultural, onde se encontram as mais diversas culturas estrangeiras. Há forte presença de italianos, orientais, latinoamericanos, europeus, americanos, indianos, árabes, etc. Vc pode encontrar, por exemplo, restaurantes com culinária de qualquer lugar do mundo.

6. TERCEIRO OLHO: Região Sul, especialmente Curitiba. Visão, inovação, transformação futuro... este chakra é o responsável por planejar e mostrar os rumos que o país deve tomar, principalmente em termos sociais. É a região do país com o melhor índice de desenvolvimento humano. Curitiba é a capital da sustentabilidade, planejamento, conhecida como cidade-modelo onde tudo funciona. Suas inovações são exemplo para outras cidades do país. Ali está o Museu do Olho (do visionário arquiteto Oscar Niemeyer) e as Araucárias com suas pinhas (símbolo da glândula pineal).

7. CORONA: Foz do Iguaçu. Este é o chakra que se liga à inesgotável Energia Universal da FONTE. As cataratas têm este papel, de conectar o Brasil com o Divino. Suas águas jorram a pura energia brasileira, alimentando toda a América Latina (especialmente Argentina e Paraguai, com que faz fronteira) com a força, liberdade e o poder do Condor.

Particularidades:

- Acre: estado que faria parte do Sacro, mas que talvez, de verdade, pertença à Bolívia, país que vendeu este território pro Brasil no início do século XX.

- Minas Gerais: estado múltiplo, com a energia do Plexo Solar, Coração e Garganta. É o que indica o triângulo mineiro...

- Tocantins: parte norte do estado integra o Sacro, parte sul integra o Plexo Solar.

Matias De Stefano

domingo, 17 de novembro de 2013

MUDRAS

Exercite suas mãos, e reproduza (ora com a mão direita, ora com a mão esquerda) estes. "Mudras". Faça bem sentado, com os pés apoiados no chão, atencioso a sua respiração , ombros bem encaixados sobre o tronco. suspenda um braço a sua frente, cotovelo suavemente dobrado e aberto, mãos a frente dos seus olhos, vamos , vamos construa linguagem, signos com suas mãos .( Ivaldo Bertazzo)


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

CABELOS - SHAMPOO NATURAL

A medicina tradicional chinesa acredita que o consumo exagerado de açúcar é o principal culpado da queda de cabelos.

Isso explicaria o motivo pelo qual os americanos sofrem com a calvície em quantidade maior do que qualquer outro povo.

Até mesmo o consumo excessivo de frutas pode levar à queda de cabelo.

Muitos que aderirem a uma dieta exclusiva de alimentos crus têm experimentado esse fenômeno.

Por outra lado, o alto consumo de proteína animal e produtos lácteos também contribui para a calvície e para cabelos fracos e sem brilho devido ao sangue ácido.

No entanto, há outros culpados: gorduras, deficiência de iodo e desidratação são obstáculos para o cabelo saudável também.

A melhor aposta para cabeleiras brilhantes e volumosas é adotar uma dieta abundante em vegetais, óleos saudáveis, como coco e azeite extravirgem de oliva, nozes, sementes e algas.

Sementes de linhaça e chia são especialmente benéficas devido ao seu alto teor de ácidos graxos essenciais.

É importante o reforço com suplementos como vitaminas do complexo B (especialmente biotina), zinco, ferro e cálcio.

É também essencial para a saúde do cabelo inibir a produção DHT, que é derivada do hormônio testosterona.

Os remédios naturais que bloqueiam a DHT incluem saw palmetto, urtiga, chá verde e óleo de semente de abóbora. 

Vamos agora à receita.

Tratamento para dar força, brilho e beleza a seu cabelo

Duas substâncias químicas encontradas na água da cidade, cloro e flúor, enfraquecem o cabelo.

Por isso, um bom filtro de chuveiro é uma obrigação para o cabelo saudável.

Xampu também é ruim, pois está repleto de produtos abrasivos e químicos.

Mesmo quando xampus ecológicos são utilizados, o cabelo é despojado de óleos naturais e, posteriormente, os fios se “revoltam” contra o abuso.

Condicionador é então necessário para pôr ordem.

Folículos são posteriormente obstruídos, provocando perda de cabelos.

Para evitar essa bagunça, um remédio simples e de baixo custo está disponível: vinagre e bicarbonato de sódio.

Com essa dupla, o cabelo se acalma, a perda de fios é minimizada e o brilho é restaurado.

Para limpar o cabelo com bicarbonato de sódio, misture uma colher de sopa de pó para um copo de água em uma garrafa squeeze ou embalagem vazia de xampu.

Agite bem e aplique a mistura nas raízes, massageando por um minuto ou dois.

Enxágue bem.

Em seguida, vem a lavagem com vinagre, que suaviza e aumenta o brilho.

Misture uma colher de sopa de vinagre de maçã com um copo de água.

Despeje sobre o cabelo, evitando o rosto e os olhos.

Enxágue depois abundantemente com água.

Nem o bicarbonato nem o vinagre fazem espuma.  

Quando o cabelo ainda está molhado, parece que não está sedoso, mas, quando seca, ele fica bem macio. 

Por isso espere o cabelo secar completamente para avaliar o resultado.

Caso o cabelo fique ressecado, reduza um pouco a quantidade de bicarbonato.

Se ficar oleoso, aumente um pouco a quantidade.

Cada cabelo responde de modo diferente.

Assim, vá testando a quantidade até encontrar a adequeada ao seu cabelo.

Você pode lavar o cabelo diariamente.

No entanto, duas vezes por semana, na maioria dos casos, já é suficiente, pois o bicarbonato e o vinagre fazem com que o cabelo absorva menos sujeira.

E pode ficar tranquilo(a): o cabelo não fica com cheiro de vinagre.

Ter cabelos saudáveis e bonitos não é um sonho.

O caminho para isso é uma dieta rica em nutrientes, a suplementação e a limpeza livre de xampu, condicionador e outros produtos agressivos.

ATENÇÃO! faça  um teste de sensibilidade numa pequena mecha da nuca para ver se você é sensível ao bicarbonato de sódio e/ou ao vinagre.

A alergia a esses dois produtos é muito rara, mas é bom ter certeza de que você não tem sensibilidade a eles.

Esfoliação com açúcar mascavo: indicado para quem quer limpar profundamente o couro cabeludo, nesta esfoliação utiliza-se uma mistura feita com uma colher de sopa de açúcar mascavo e três colheres de condicionador.
Limpeza com limão: misturar o suco de um limão à quantidade de condicionador que vai ser aplicada nos cabelos ao lavar. De acordo com o livro o limão é melhor do que qualquer xampu e ainda funciona como tônico.
Muitas adeptas da técnica ainda trocaram o xampu por bicarbonato de sódio como   xampú e vinagre de maçã, como condicionador.
Para quem quer diminuir o uso de shampoo, é indicado escolher produtos que não contenham Sodium Lauryl Sulfate (Lauril sulfato de sódio), Ammonium Laureth Sulfate (Lauil éter sulfato de amônio) e Sodium Laureth Sulfate (Lauril éter sulfato de sódio), e dar preferência a produtos que contenham Disodium EDTA (EDTA dissódico), Citric Acid (ácido cítrico) ou extratos de plantas, além de opções que contenham Cocamidopropyl Betaine (Cocamidopropil betaína), Dodecyl Polyglucoside (Dodecilpoliglicosídeo). Evite também condicionadores que contenham silicones insolúveis.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Missô

Missô

Missô
Missô, também grafado miso, é um ingrediente tradicional da culinária japonesa feito a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal. O resultado é uma pasta usada principalmente para fazer a sopa de missô ou missoshiru, dissolvido em água quente, misturado com alguns vegetais e legumes.

O sabor, aroma, textura e aparência varia de acordo com o tipo do missô, assim como a região e época em que foi feito. Os ingredientes usados, temperatura e duração da fermentação, quantidade de sal, variedade do kōji e o recipiente de fermentação também contribuem.

As mais comuns categorias do missô de soja são:

- Shiromiso, "missô branco"
- Akamiso, "missô vermelho"
- Kuromiso, "missô preto"
- Hatchomiso'"missô bege'"

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

PASTA DENTAL COM FLÚOR, NÂO MAIS !!! RECEITA: Destifrício natural


INGREDIENTES:
2 colheres de sopa de pó de juá
2 colheres de sopa de menta desidratada
2 colheres de sopa de sementes de linhaça
3 cravos da índia
1 pitada de canela em pó
1 xícara de água filtrada
PREPARO:
Leve a linhaça, a hortelã e os cravos para cozinhar junto com a água, em fogo baixo, por 5 minutos. Coe, adicione o juá e a canela e misture bem. Aplique uma pequena quantidade sobre a escova de dentes e escove normalmente. Acondicione em recipiente tampado e conserve em geladeira.
É EFICAZ COMO AS PASTAS CONVENCIONAIS?
Sim. O segredo está no pó de juá, que é produzido a partir da entrecasca da árvore Juá. O juá é rico em saponinas, que possuem ação detergente natural, higienizante, adstringente e antisséptica. É utilizado na fabricação de algumas pastas de dente comerciais. Combate cáries, placa bacteriana, mau hálito, clareia e limpa naturalmente.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Suco Verde do VIVO - clique no X fechar - linka o site!


Suco do Vivo

Leve vida para dentro de você

A água do suco é extraída da maçã, chuchu ou pepino. Sempre colocamos algum grão germinado. Estes variam para podermos obter vários e diferentes nutrientes. Também colocamos uma raiz, que varia entre inhame, batata-doce, batata yacon, abóbora ou cenoura.
Aí, vêm as hortaliças e as verduras: folhas de couve, acelga, alface, hortelã, erva-doce, erva-cidreira etc. Leva também um pouco de gengibre.
O princípio de ação do suco é imediato por não possuir fibras. Ele é coado em um voil bem fino e leva todo o valor nutricional dos ingredientes direto para nossa corrente sanguínea, e também a energia presente nos grãos germinados que estão em processo de explosão energética, com seu valor nutricional milhares de vezes ampliado.
Além disso, o suco também leva a grama do trigo, que possui alto teor de clorofila, contendo moléculas de magnésio que são complementares às moléculas de ferro do nosso sangue. Então, a clorofila nutre, reestrutura e desintoxica nosso sangue.
Sendo assim, nós temos aminoácidos, vitaminas, sais minerais e proteínas em um café da manhã completo.
Podemos dizer que ele é desintoxicante e energético. Um alimento completo.



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Alimentos prbióticos - bactérias do Bem!

  O  iogurte é só um exemplo de alimento lacto-fermentado que podem fornecer vários tipos de bactérias prestativas na dieta humana.
O nome “lacto-fermento” vem da produção de acido lácteo que resulta da fermentação, mas não precisa usar o leite para isto – Existem vários outros fermentos que são feitos só com vegetais –o chucrute (sauerkraut) e o picles, por exemplo, são feitos só de legumes, e são extremamente fáceis de preparar em casa.
Alimentos fermentados tem um papel importante nas dietas tradicionais do mundo. A maioria foram criados originalmente por praticidade –para preservar os colheitas de verão e outono e fornecer sustento durante os meses escuros de inverno. Porem, muitas sociedades em climas tropicais também desenvolveram o habito de fermentar alguns alimentos. sauerkraut
Hoje a ciência explica que uma dieta rica em alimentos fermentados tem muitas vantagens para a saúde.  O processo de fermentação facilita a colonização de probióticos (bactéria beneficial), que alteram o ambiente que habitam. Eles ajudam com a digestão e eliminação, a absorção  de vitaminas, regulam o metabolismo, e fortalecem o sistema imunológico — Uma colonia de bactéria saudável elimina patógenas no primeiro contato, resultando em menos resfriados, gripes e outros tipos de infecções.
O corpo humano — e o sistema digestivo em particular– hospeda bilhões deles. De facto, ele contem 10 vezes mais bactéria do que todas as células humanas no corpo inteiro, com mais de 400 especies de bactéria. Dizer que os humanos moram simbioticamente com eles seria uma narração incompleta — Somos mais bactéria do que humano!
Fatores que desabilitam as colonias de bactéria são uso de antibióticos, dietas excessivamente ricas em carboidratos, estresse, e exposição a toxinas na dieta e no ambiente (o cloro, por exemplo). Uma falta de flora saudável pode resultar na colonização de outros organismos oportunísticos, como fungos e bactérias prejudicais (candidaisis e dysbiosis bacterial). Também resulta numa função imunológica desabilitada, aumento suscetível  a infecção, digestão fraca, e alergias.
O Chucrute ou Picles Probióticos
1 pote de vidro de 1 litro
1.5 colheres de sopa de sal marinho
2 xícaras de água filtrada
Repolho, ou uma outra combinação de legumes cruas: beterraba, nabo, cenoura, xuxu, pepino, etc.
Temperos ou ervas (opcional): alho, pimenta, pimenta do reino, cementes de coentro, cominho, mostarda, erva doce, aneto
  • Dissolva o sal na água para criar uma salmoura. (Use água distilada ou filtrada e sal marinho, se possível. O cloro mata os organismos que você quer atrair.)
  • Coloque os legumes e temperos na pote, deixando um pouco de espaço por cima. Os temperos tem a tendencia a flutuar, então, seria melhor colocar eles primeiro para ficar no fundo.
  • Junte a salmoura. Dobre uma folha de repolho e pressione ela na salmoura para submergir os legumes na água O objetivo e criar um ambiente anaeróbico protegendo os legumes da exposição ao ar. Deixe alguns centímetros de espaço entre a água e a tampa.
  • Coloque um peco de PVC em baixo da tampa antes de fechar, para prevenir a corrosão do metal.
  • Deixe os legumes descansar por 3 dias.
  • Abra o pote cada 2-3 dias para liberar gases. Fermentação pode ocorrer em poucos dias, mas para aumentar o valor nutritivo, e melhor deixar os fermentos um minimo de 5 dias.
  • Experimente eles periodicamente–Um sabor bem azedo sinaliza a produção de acido lácteo, e a presença de bactéria viva.
fermented vegetables
Para quem não esta acostumado a comer muitos fermentos, comece com duas colheres de sopa cada refeição. Muito numa vez pode causar gases e cólica. Pode gradualmente aumentar a quantidade, o trato digestivo se-acostume aos novos organismos.
Os legumes fermentados são ótimos como condimento para sanduíches, arroz, alimentos grelhados, ou saladas.
fonte: a boa yoga - portugal.

domingo, 20 de outubro de 2013

Coragem!

Coragem! 


Quando nos defrontamos com uma situação muito difícil, há sempre uma escolha: podemos ficar repletos de ressentimentos e tentar encontrar alguém ou alguma coisa em que pôr a culpa pelas nossas dificuldades ou podemos enfrentar o desafio e crescer.
A flor nos mostra o caminho, à medida que a sua paixão pela vida a conduz para fora da escuridão, para o mundo da luz. Não há nenhum sentido em lutar contra os desafios da vida ou tentar evitá-los ou negá-los. Eles estão aí, e se a semente deve transformar-se na flor, precisamos passar por eles.
A semente não pode saber o que lhe vai acontecer, a semente jamais conheceu a flor. E a semente não pode nem mesmo acreditar que traga em si a potencialidade para transformar-se em uma bela flor. Longa é a jornada, e sempre será mais seguro não entrar nessa jornada, porque o percurso é desconhecido, e nada é garantido. Nada pode ser garantido. Mil e uma são as incertezas da jornada, muitos são os imprevistos – e a semente sente-se em segurança, escondida no interior de um caroço resistente. Ainda assim ela arrisca, esforça-se; desfaz-se da carapaça dura que é a sua segurança, e começa a mover-se. A luta começa no mesmo momento: a batalha com o solo, com as pedras, com a rocha. A semente era muito resistente, mas a plantinha será muito, muito delicada, e os perigos serão muitos.


Não havia perigo para a semente, a semente poderia ter sobrevivido por milênios, mas para a plantinha os perigos são muitos. O brotinho lança-se, porém, ao desconhecido, em direção ao sol, em direção à fonte de luz, sem saber para onde, sem saber por quê. Enorme é a cruz a ser carregada, mas a semente está tomada por um sonho, e segue em frente.
Semelhante é o caminho para o homem. É árduo. Seja corajoso o bastante para transformar-se na flor que você foi feito para ser.


OSHO

Yoga a melhor definição



Um sábio yogi disse que tudo aquilo que provoca prazer, tende a gerar apego e que da mesma forma, as experiências dolorosas produzem o sentimento de aversão.

Muitos se perdem e passam pela vida apenas correndo em busca do prazer, enquanto outros apenas fogem do que é doloroso.
"Manter-se como a Testemunha de tudo isso, sem se identificar com o que se percebe, é bem melhor e 'imediatamente libertador'.
Isto é, perceber-se e manter-se como o expectador final; como a consciência que vê qualquer coisa surgir ou sumir".
E então, a partir desse novo ponto de vista, livre, constatar que no cinema da própria existência, o filme que se assiste às vezes é um drama, às vezes romance, às vezes terror e às vezes, uma grande comédia".

OM
Deni Galdeano

terça-feira, 15 de outubro de 2013

ZENGUEN SANJI Prece de Louvor a Deus

Meditemos com reverência no Senhor Bodissatwa Kannon que, ao descer do céu à terra em Komyo Nyorai, transformou-se a seguir em Ooshin Miroku e posteriormente em Messias. Salvar a todos os seres vivos é o Seu sublime anseio expurgando dos três mundos os três venenos e as cinco impurezas, para que a luz e o júbilo eterno para sempre se instalem em todos os cantos do mundo. No reino de Miroku gerado por Kannon a desordem não existe.
Venta a cada cinco dias, chove a cada dez e a brisa é tão suave que nem os galhos farfalham.
Com Sua grandiosa, infinita e ilimitada misericórdia, que até aos demônios celestes e aos diabos induz a Lhe prestarem obediência, Ele extingue os vários males e anula as leis malignas, libertando igualmente os Yashas e os Dragões.
Todos os santos homens, os Budas e os Devas podem, assim, cumprir as suas missões.
Os rios e montanhas, as plantas e as árvores recebem copiosas graças de Kannon.
As aves, os animais, os insetos e os peixes podem viver plenamente a sua vida, cada qual ocupando o seu exato lugar. E o mundo assume, então, o seu verdadeiro aspecto. Por entre as nuvens de bom presságio a estender-se pelo firmamento voa a ave do paraíso sobre a terra perfumada na qual milhares de flores exalam a sua fragrância.
Ladeada de grandes templos obnubilados pela distância destaca-se a torre sagrada com seus muitos tesouros, em cujos telhados de ouro refulgem os raios do sol. Tal é a paisagem do reino dos céus no solo purificado. Fartas colheitas de cereais abarrotam os armazéns, a pesca é abundante e as vozes de todos os seres vivos elevam-se animadas para o céu.
Desapareceram, como por encanto, as divisas entre os países, os ódios e motivos de disputa entre as raças humanas e a humanidade é abraçada pelo misericordioso peito de Kannon. O verdadeiro despertar da sabedoria divina é praticado em nosso trabalho cotidiano.
A família prospera acumulando atos virtuosos e tem a sua vida prolongada sem remédios ou medicamentos.
Concentrado, de todo o coração, de cabeça baixa e corpo curvado, peço humildemente que tais bênçãos chovam do céu, formando um mar de ilimitada bem-aventurança.
Assim seja.



     Em 23 de Dezembro de 1934, Meishu Sama procedeu à cerimôniade fundação da Igreja, de forma prévia,em Sua residência, denominada Ôshin-Dô, situada em Kôji-Mati-ku, Hiraga-tyo, em Tóquio. Sendo dia do 52º aniversário de Meishu Sama, comemorou-se essa data também, na mesma ocasião.
Foi então entoada, pela primeira vez, a oração Zenguen-Sanji, após a Amatsu-Norito.

Entoada novamente oito dias depois na cerimônia oficial da fundação da igreja, a 1º de Janeiro de 1935, passou a se constituir oração peculiar da igreja.

Na passagem da Transição da Noite para o Dia no mundo espiritual, a Zenguen Sanji, na pura acepção da palavra, evoca o insondável intento Divino, em sua penetrante, bela, fluente, límpida e harmoniosa ressonância. Descreve ainda a situação do Paraíso Terrestre que será estabelecido no futuro.

Alguns anos após a fundação da igreja no Japão, que entrara na confusa época que precedeu a 2ª Guerra Mundial, as ideologias passaram a ser rigorosamente controladas, suas palavras censuradas e as religiões oprimidas.

Em 1938, chegou-se ao ponto de se ver proibidas as atividades das novas religiões. Não obstante seu desempenho, também Meishu Sama viu-se cerceado na liberdade religiosa em face das circunstâncias, e voltou-se para um movimento de salvação pela cura.

Nesse periodo, a Zenguem Sanji não foi entoada.

Após o término da guerra, em 1945, assegurada a liberdade de crença, a igreja reiniciou suas atividades como "Nippon Kannon Kyodan" e a Zenguen Sanji novamente passou a ser entoada com a Amatsu Norito.

 Zenguem Sanji
Uyauyashiku omonmiruni.
Sesson Kanzeon Bossatsu
konodoni amorasse tamai
Komyo Nyorai to guenji
Ooshin Miroku to kashi
Meshia to narasse
Daisen sanzen sekai no sandoku o me'shi gojoku o kiyome.
Hyakusen man oku i'sai
shujo no dai nengan.
Komyo joraku eigono
ju'po sekaio narashimete.
Gofu jyuuno kuruinaku
fukukaze edamo narassu naki.
Miroku no myoo umitamoo.
Muryo muhen no daidihini, tenmarasetsumo matsuroite.
Shoaku jahouwa aratamari,
Yasha ryudinmo guedatsu nashi.
Shozen bushin kotogotoku
sono kokorozashio toguru nari
Sansen somoku kotogotoku
Sesson no itokuni nabikaite
Kinjutyugyo no suemademo
mina sono tokoroo ezarunashi
massani kore shibi jísso sekainite. Karyobingawa sorani mai
zuiuntenni tanabikeba.
Banka fukuikutini kunji
tahoo bu'to sossori tati.
Hitidoo garanwa kassumi tsutsu koganeno iraka sansanto
hini terieizu koukeiwa,
guenimo tengoku jodo nari.
Gokoku minorite kurani miti
sunadori yutakani amegashita,
iketoshi ikeru moromoro no
eragui niguiwau koegoewa
tsutsu uraurani mitiwatari.
Kunito kunitono sakainaku
hito gussa tatino nikushimiya.
Isakaigoto mo yumeto kie
í'tenshikai Kannonno
jinjino mimuneni idakaren.
Wareraga hibino segyounimo
myotio tamai shinkakuo
essashime iewa tomissakae.
Yowaiwa nagaku muiyakuni
zentoku koo kassane sasse
fukujukai muryono daikudoku. Taressasse tamae mashimasse to
nennen jushin guezatonshu
kifuku raihai negui moossu.
Miroku Oomikami
mamoritamae sakihae tamae
Miroku Oomikami
mamoritamae sakihae tamae
Meishu no Oomikami
mamoritamae sakihae tamae
Meishu no Oomikami
mamoritamae sakihae tamae
Kannagara tamatihae mase
Kannagara tamatihae mase

Quando se está sufragando espíritos de antepassados,  ao invés de "Miroku Oomikami" ou "Meishu no Oomikami", invoca-se "Kakuriyo no Ookami" que é a Entidade que cuida das almas no mundo espiritual...

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

GRATIDÃO AO GUERREIRO DA LUZ!

 GRATIDÃO AO GUERREIRO DA LUZ!

Arcanjo Mikhaël deitando por terra o dragão - símbolo da vitória sobre o eu inferior




"Vós quereis estar vivos, bem vivos? Dai à vossa natureza superior os meios para ela triunfar sobre a vossa natureza inferior. Do ponto de vista da Ciência Iniciática, os pensamentos, os sentimentos e os atos que não são inspirados pela natureza superior, que não recebem o cunho da alma e do espírito, conduzem à morte. Contudo, não deveis tentar aniquilar a vossa natureza inferior. Desde logo, porque não conseguireis, vós é que sereis aniquilados, pois ela não só é muito poderosa, como faz parte de vós. Deveis, pois, procurar apenas dominá-la, domá-la, para poderdes beneficiar da sua vitalidade e das suas riquezas.


É esta mesma ideia que é expressa no Apocalipse com a imagem do Arcanjo Mikhaël a deitar o dragão por terra. O Arcanjo não o mata, apenas o deita por terra. Do mesmo modo, o discípulo deve deitar por terra o dragão que é o seu eu inferior. Compreender o símbolo do dragão é já enfraquecê-lo. Meditai nesta imagem e ireis da morte para a vida, da escuridão para a luz, das limitações para o infinito, da escravatura para a liberdade, do caos para a harmonia."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

o Fígado

Metafísica do Fígado – Emoções



Quando falamos no fígado, do ponto de vista energético, estamos falando do fígado propriamente, da vesícula biliar, dos olhos, dos ombros, dos joelhos, dos tendões, das unhas, dos seios, e todo o aparelho reprodutor feminino, desde ovários, trompas, útero e vagina. Por esse motivo, na MTC (medicina chinesa) se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim é para o homem.
A energia do fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo. Como o movimento do sangue segue o movimento da energia, dizemos que o fígado direciona a circulação do sangue e regula também o ciclo menstrual. Mas o papel mais importante, sem dúvida é sobre o equilíbrio emocional, é a energia do fígado quem vai nos fazer responder a todos os estímulos emocionais, 24 horas por dia sem parar; daí já se deduz o desgaste intenso ao qual é submetido este sistema, e pouquíssimas atitudes são tomadas para auxiliar o fígado nesta tarefa, pelo contrário a nossa cultura parece fazer tudo para impedir o equilíbrio. Como todas as emoções boas ou más passam pelo fígado, não devemos reprimi-las a todo momento. A repressão das emoções provoca um bloqueio da energia que vai levar à formação de calor no fígado. Este desequilíbrio energético pode se manifestar de várias formas. Dependendo da sua localização, podemos ter uma insônia, uma enxaqueca, uma precordialgia, uma hipertensão, uma gastrite, uma tensão pré menstrual, e por aí vai.
Os adoecimentos podem ser de dois tipos, por falta ou por excesso de energia, ou usando um termo mais técnico, por vazio ou plenitude. Em relação às emoções que lesam mais especificamente o fígado vamos ter, num quadro de plenitude, a raiva, mais exatamente a raiva reprimida e, num quadro de vazio, o pânico, que agora virou síndrome de pânico. Cabe aqui fazermos uma distinção entre sentimento e emoção. Os sentimentos geralmente fortalecem os órgãos e servem como mecanismos de defesa para o nosso organismo. Por exemplo, uma sensação de apreensão é diferente do medo. A primeira nos coloca num estado de alerta diante de uma certa situação, sem nos limitar em nada, nos protegendo dos perigos. O medo por sua vez nos limita e nos paralisa. A mesma coisa em relação a uma certa irritação que nos leva a reagir quando somos atacados ou nos sentimos lesados, que é diferente da raiva que tem um grau mais intenso. O importante é entender que todos os sentimentos atuam bem no organismotudo depende da intensidade e por quanto tempo.
 Da mesma forma que o sal, o orégano e a pimenta são temperos usados na alimentação, os sentimentos são o tempero da nossa existência. A qualidade de nossa vida dependerá da quantidade e da forma com que serão usados.
Como já foi dito, o fígado rege praticamente todo o sistema reprodutor feminino e é responsável por alterações no seu funcionamento que vão desde alterações no ciclo menstrual, os cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos vaginais, prurido vaginal, alterações da libido, como frigidez e impotênciaEm algumas doenças só a energia do fígado está em desarmonia, e em outras existe também desequilíbrio de outros órgãos.
O fígado rege as articulações do ombro e joelhos e também os tendões de modo geral. Assim sendo, as bursites e as dores nos joelhos sem causa aparente, são sinais de comprometimento da energia do fígado. As tendinites e os estiramentos freqüentes também estão neste grupo.
Os olhos são a manifestação externa do fígado, e suas patologias também vão nos indicar algumas alterações no fígado, as mais comuns são as conjuntivites, os olhos vermelhos sem processo inflamatório, os terçóis, os pontos brilhantes que aparecem no campo visual e outros.
As unhas são outra manifestação externa das condições do fígado, e as suas deformidades ou a presença de micose vão nos sugerir algum comprometimento na estrutura yin do fígado, ou desequilíbrio prolongado da energia do fígado.
Para concluir, o fígado comanda o funcionamento do sistema nervoso e é o responsável pelas alterações funcionais como as várias formas de epilepsia, as alterações no raciocínio, os desmaios e as perdas de consciência de modo geral, e as doenças degenerativas como o Parkinson.
Todo órgão está acoplado a uma víscera que, no caso do fígado, é a vesícula biliar, que em geral tem um papel secundário para o funcionamento do sistema. Resumidamente, a vesícula atua mantendo o nosso equilíbrio postural. Todos os quadros de tonturas, vertigens, labirintites estão ligados a ela. Rege a articulação têmporo-mandibular (ATM). Todas as tensões que ficaram retidas no fígado podem descarregar nesta região e produzir um quadro de ranger os dentes (bruxismo), que se manifesta mais freqüentemente durante o sonoA nível emocional a vesícula biliar comanda o nosso processo de decisão, e seus desequilíbrios vão se apresentar na forma de indecisões ou mesmo desorientações, perda de rumo.
A lágrima é a secreção interna que ajuda a aliviar o fígado. Deste fato vem a importância de não se reprimir o choro, embora nem sempre seja conveniente socialmente. Mas, pode acreditar,conter o choro faz mal à saúde.
Agora que já temos uma idéia de como é estar com a energia do fígado desequilibrada, vamos fazer alguma coisa para ajudar. O mais importante é a harmonia das emoções, isto é, as emoções não devem ser reprimidas. Nós devemos senti-las e deixá-las fluir, evitando o apego emocional. Depois, evitar os medicamentos químicos, as bebidas alcoólicas, os temperos picantes, se não puder evitar, usá-los com moderação. Na alimentação, optar pelas coisas de cor verde, e usar de preferência verduras cruas.
Faça-se uma gentileza
Observe sua respiração
Articule a mente